EXECUÇÕES SUMÁRIAS

Mais execuções sumárias de três suspeitos por policiais militares no Embu, Grande São Paulo

Voltar
 

 Data: 3 de dezembro de 2004
Local:
Embu, Grande São Paulo
Vítima: Wanderley Leite Nogueira, Mozar Pires da Rocha Júnior e um homem negro, não identificado, de cerca de 25
Agentes do Estado: policiais militares não identificados (autores dos disparos)

Relato do caso: Conforme relato de policiais militares ao jornal Diário de S. Paulo, dois carros circulavam pela região onde ficam localizados os bancos de Embu, um Kadett cinza, ano 92 e um Fiat Doblô. Por estarem circulando, tornaram-se suspeitos, sempre segundo a polícia. Os policiais começaram a perseguir os dois carros. Um deles, o Fiat Doblô, conseguiu fugir em direção à Rodovia Régis Bittencourt, em direção ao sul. O outro, o Kadett, que fugiu por dentro do município, teria, sempre segundo os policiais, atirado contra eles. E, como sempre, surpreendentemente, em um tiroteio, morreram os três rapazes que estavam no Kadett  - Wanderley Leite Nogueira, Mozar Pires da Rocha Júnior e um homem negro, não identificado, de cerca de 25 anos - enquanto nenhum policial foi morto ou feriu-se. Segundo os policiais, foram apreendidos dois revólveres 38 e um 32. Também segundo um ritual bem conhecido, os mortos foram levados ainda com vida para o Pronto Socorro de Taboão da Serra, onde teriam morrido.

Situação da investigação: Aparentemente sequer foi feito um boletim de ocorrência e o único jornal que noticiou o fato, o Diário de S. Paulo, sequer indicou os nomes dos autores dos tiros, ou o batalhão a que estão ligados.

Fonte: Diário de S. Paulo, 03/2/2004